O escritório que soa tão tranquilo quanto parece

Com uma boa acústica, os escritórios de plano aberto tornam-se lugares agradáveis para trabalhar

Universidade do Sul da Dinamarca (SDU), Faculdade Técnica em Odense, Dinamarca

Sentimos uma divisão com todos os nossos sentidos. Por isso, não deveriam os arquitetos pensar tanto em como soa um espaço como o fazem com o seu aspeto? A acústica de um escritório é a segunda característica física mais importante que afeta a produtividade no local de trabalho (depois da iluminação). À medida que vamos avançando para uma "economia do conhecimento" onde o sucesso depende cada vez mais da produtividade e satisfação humana, o ruído do escritório está a tornar-se um assunto cada vez mais urgente para as empresas.

A acústica tornou-se particularmente problemática nos escritórios abertos que muitas empresas utilizam atualmente. Como Søren Peter Lund, investigador sénior no Centro de Investigação Nacional Dinamarquês para o Ambiente de Trabalho, explica:

"A falta de privacidade num escritório aberto faz com que os trabalhadores sintam que estão constantemente a ser vigiados e o ruído à sua volta pode ser entendido como uma ameaça e uma intrusão. A concentração torna-se muito difícil, especialmente quando as pessoas estão a falar à sua volta. A qualidade acústica de uma divisão é um dos principais fatores a ter em conta na conceção de espaços que são utilizados para tarefas comunicativas e cognitivas".

Ajustar a acústica

Na verdade, a investigação mostra que os trabalhadores de um escritório aberto são 15% menos produtivos: têm mais dificuldade de concentração, com pequenas distrações a levá-los a perder mais de 20 minutos de trabalho concentrado por dia. No entanto, se a acústica for ajustada, a produtividade de um escritório aberto melhora. Os colaboradores aumentam a concentração em cerca de 50 porcento e distraem-se aproximadamente 50 porcento menos. Cometem menos 10 porcento de erros e os seus níveis de stress reduzem-se em mais de um quarto1.

A utilização de material sem reflexão de som nos tetos e paredes, por exemplo, pode ajudar a reduzir o grau de reverberação do discurso, reduzindo o ruído para níveis confortáveis. A acústica aplicada pode ajudar a resolver o desafio difícil de criar um ambiente de trabalho flexível e apelativo, onde os colaboradores podem trabalhar felizes e sem distrações.

 

1: David M. Sykes, "Productivity: How Acoustics Affect Workers’ Performance In Offices & Open Areas"

Produtividade
0

menos produtividade em escritórios abertos

Perda de trabalho
0

minutos de trabalho concentrado perdidos por pessoa e por dia devido a distrações

Concentração
0

mais concentração e redução de 51% nas distrações com uma melhor acústica do espaço