O nosso património

Um conto de rocha

80th_logo

2017

80º aniversário

Este ano, no Grupo ROCKWOOL, estamos a comemorar 80 anos desde que os nossos fundadores produziram pela primeira vez lã de rocha em Hedehusene, Dinamarca, onde ainda temos hoje a nossa sede. Continuidade como esta é invulgar no mundo dos negócios. Por que motivo resistimos tanto tempo? Resistimos porque, desde a nossa fundação, tivemos sempre um único propósito: desbloquear os pontos fortes únicos da rocha para enriquecer a vida moderna. Tudo o que fazemos foi organizado em torno desta ambição.

2015

Chega um novo CEO

A nomeação de Jens Birgersson como CEO do Grupo ROCKWOOL assinalou um foco renovado na eficiência dos negócios, incluindo o lançamento posterior do programa de transformação de negócios abrangente para clarificar funções e responsabilidades, reduzir a complexidade interna, tirar partido da nossa dimensão e pontos fortes através da utilização de melhores práticas e tornando-nos ainda mais focados no cliente. Em 2016, o Grupo lançou o seu novo Objetivo: Libertar o poder natural da rocha para enriquecer a vida moderna. O objetivo descreve os compromissos e os contributos do Grupo ROCKWOOL para a sociedade. Estamos empenhados em capacitar todas as pessoas para enfrentar os desafios de desenvolvimento da vida moderna. Ao utilizar rocha, um dos recursos naturais mais abundantes no mundo, podemos criar um impacto duradouro ao longo de gerações. De salas de aula a estádios, de terreno a monumentos, as pessoas precisam de espaços para sonhar alto e para materializar esses sonhos, tornando o mundo um lugar melhor para todos.

Eelco van Heel - was appointed Deputy Group President and head of the Executive Committee in 2001

2010

Crescimento na Rússia e na América

O ano de 2010 testemunhou a aquisição de uma fábrica russa em Troitsk, bem como a aquisição de uma empresa de isolamento asiática ao grupo australiano CSR Ltd. No mesmo ano, a empresa ETICS (Sistema Compósito de Isolamento Térmico Externo) sofreu um novo desenvolvimento e, em 2011, foi adquirida a FAST , um produtor polaco de reboco para ETICS. Em 2012, foi construída uma nova fábrica em Elabuga, Rússia e, em 2014, foram adquiridas a Chicago Metallic, o produtor americano de grelhas de teto e a HECK Wall Systems, o detentor alemão do sistema ETICS. Foram construídas novas instalações de produção no Mississippi (EUA) em 2014 e, em 2017, foi anunciada a construção de uma segunda fábrica em West Virginia (EUA)

To be updated

2001

Confirmação da saúde e segurança dos produtos ROCKWOOL

Em 2001, a Agência Internacional para a Pesquisa do Cancro (IARC) classificou o isolamento de lã de rocha (pedra) como pertencendo ao Grupo 3: cancerígeno não classificável em seres humanos. Esta classificação era válida tanto para as antigas como para as novas fibras HT (alta temperatura). O IARC (o instituto de pesquisa do cancro da Organização Mundial da Saúde) reavaliou as milhares de investigações de saúde existentes sobre lã de rocha em produção ou em utilização. Devido à sua elevada biossolubilidade, a fibra utilizada nos materiais de isolamento de lã de rocha da ROCKWOOL foi avaliada como estando isenta de efeitos cancerígenos.

To be updated

2000

Mais expansão do Grupo ROCKWOOL

Em 2000, foi adquirida uma fábrica em Malaca, Malásia, e entrou em funcionamento uma nova fábrica em Caparosso, Espanha. O ano de 2004 testemunhou a compra da fábrica húngara de Isolyth e foram adquiridos edifícios em Vyborg, na Rússia, tendo em vista a construção de uma fábrica. Em 2005, foi tomada a decisão de construir uma nova fábrica na Croácia. Um ano mais tarde, em 2006, foi inaugurada a nova fábrica em Cigacice, Polónia e, em 2008, foi tomada a decisão de construir uma nova fábrica em Gujarat, na Índia.

RockWorld imagery, The big picture, water,  factory, sky

1992

Foco na eficiência energética

O protocolo de Quioto foi o primeiro acordo entre as nações para impor reduções país a país nas emissões de gases com efeito de estufa. Quioto emergiu da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas (UNFCCC), que foi assinado por quase todos os países na reunião de 1992, conhecida popularmente como a Cimeira da Terra. Este foi um marco importante na história da ROCKWOOL, sensibilizando para a forma como o isolamento pode contribuir para reduções significativas das emissões de CO2. Também iniciou um debate na UE sobre a forma de reduzir o consumo de energia e a dependência da energia. Isso resultou num documento da UE apresentado em 2000 que, pela primeira vez, documentava que 40,3 porcento do consumo total de energia no bloco é proveniente de edifícios.

To be updated

1992

Foco estratégico na tecnologia e na liderança de I&D

Em 1992, foi criada uma função de Tecnologia na Sede do Grupo, responsável pela coordenação global da produção, meio-ambiente, investimentos, logística, I&D, normas e padrões, patentes e engenharia - tudo a ver com a conceção e construção de equipamento de fabrico, linhas de produção e fábricas. Esta medida solidificou a base para a forte liderança global da ROCKWOOL no setor da lã de rocha.

To be updated

1996

O Grupo ROCKWOOL passa a ser cotada em bolsa

Em 1996, a ROCKWOOL Internacional passou a ser cotada na bolsa de valores da Nasdaq Copenhagen. As ações da Empresa foram cotadas em duas classes - ROCKWOOL A e ROCKWOOL B. Cada ação A corresponde a 10 votos, enquanto cada ação B corresponde a um voto. A Fundação ROCKWOOL detém atualmente 23 porcento do Grupo ROCKWOOL, sendo o maior acionista.

To be updated

1999

Expansão para leste e mais além

Em 1999, foi adquirida a fábrica russa nas proximidades de Moscovo; o mesmo ano em que foram adquiridas a fábrica canadiana em Grand Forks e a fábrica italiana na Sardenha (que mais tarde foi fechada). Antes da expansão na Rússia, foi adquirida a fábrica na Alemanha de Leste em 1991. Em 1993 e 1995, foram adquiridas duas fábricas na Polónia foram adquiridos, em Cigacice e Malkinia; foi adquirida uma fábrica em Goganfa, Hungria em 1997; e na República Checa, foi adquirida uma fábrica em Bohumin em 1998. A produção da Rockfon foi iniciada em 1992 em Saint-Éloy-les-Mines, França e, em 1997, foi criada a Rockdelta, oferecendo soluções para controlo de vibrações e ruído.

rockwool_fonden

1981

A Fundação ROCKWOOL

A Fundação ROCKWOOL foi criada em 1981 por Claus Kähler e os seus cinco irmãos. Cada um doou ações próprias para garantir que a Fundação - que naquela época possuía 25 porcento de todas as ações - fosse um dos principais acionistas e tivesse uma palavra a dizer no desenvolvimento futuro do Grupo ROCKWOOL. A Fundação é uma organização independente e financeiramente autossustentável, que tem como objetivo gerar conhecimentos que podem ajudar a resolver os problemas que a sociedade enfrenta hoje em dia. Consegue fazer isso através da investigação científica imparcial sobre questões sociais e económicas e através da realização de intervenções práticas. O trabalho da Fundação está focado principalmente em questões relacionadas com a sustentabilidade da sociedade do bem-estar. A pesquisa é realizada pela Unidade de Pesquisa da Fundação ROCKWOOL e por investigadores especializados externos, enquanto as intervenções práticas são geridas pela Unidade de Intervenções da Fundação.

To be updated

1980

Nova geração de fibras de lã de rocha

Em 1982, foram criadas fibras com uma estabilidade térmica ainda maior, constituindo a base para a lã de rocha de alta temperatura e biossolúvel atual. O novo desenvolvimento utilizavas as propriedades de alta temperatura da fibra Spinrock desenvolvida nos anos de 1970 para estabelecer novos padrões no mercado.

To be updated

1985

Impulsionar a inovação

A CONROCK A / S foi criada em 1985 para impulsionar inovações radicais e para servir como incubadora, utilizando uma organização pequena e ágil para desenvolver e comercializar novos produtos para fins fora do âmbito do isolamento térmico. Entre as inovações da CONROCK estavam a linha de produtos Conlit, utilizada para proteção contra incêndios em edifícios e a Rocklit, uma placa de alta densidade comercializada atualmente como Rockpanel. Ambas formaram a base para linhas de produtos e empresas de sucesso. Também em 1985, a produção de fibra Spinrock foi transferida para a Holanda e, mais tarde, foi criada a empresa independente Lapinus Fibres (hoje em dia Lapinus). Atualmente, o portefólio da Lapinus inclui algumas das mais recentes soluções que abordam desafios da sociedade moderna, tais como a gestão urbana da água.

To be updated

1980

Componentes moldados Rockform

De 1981 a 1988, o Grupo ROCKWOOL também comercializou componentes moldados feitos à medida sob a designação Rockform, para aplicações como o isolamento de ruído em aspiradores, o isolamento de objetos quentes em fornos de gás natural e iluminação embutida em navios. As aprendizagens desta linha de negócios foram utilizadas para desenvolver outras aplicações do Grupo ROCKWOOL, incluindo tetos acústicos, revestimentos de fachadas e soluções de cultivo hidropónico.

To be updated

1987

Tom Kähler torna-se CEO

Em 1987, Tom Kähler foi nomeado CEO, sucedendo ao seu pai como Diretor-Geral da Rockwool International A/S. Como CEO e, mais tarde, Presidente do Conselho de Administração, Tom cimentou o papel da ROCKWOOL como interveniente global no negócio do isolamento quando o Grupo também começou a construir os seus negócios na Rússia e na Ásia. O número de países com unidades de fabrico da ROCKWOOL cresceu de seis para 14 durante o mandato de 17 anos de Tom como CEO, abrindo o caminho para um maior desenvolvimento de negócios e expansão geográfica.

To be updated

1980

Expansão pela Europa e América do Norte

Em 1980, a ROCKWOOL Isolation SA foi criada com um escritório de vendas em Paris e uma fábrica em Saint-Éloy-les-Mines e, em 1985, foi adquirida a fábrica em Hiltrup, Alemanha, tendo sido aberto o escritório de vendas na Áustria. Em 1989, foram abertos escritórios em Itália e em Espanha. Em 1988, a ROXUL Inc. foi criada em Toronto, Canadá. Nos anos seguintes, foram construídas mais quatro fábricas nos EUA e no Canadá, e a posição da ROCKWOOL cresceu de forma significativa. Com cinco fábricas e 1000 colaboradores, a ROXUL tornou-se o maior produtor de lã de rocha da América do Norte, oferecendo soluções avançadas de isolamento para edifícios, industriais e técnicas.

Development meeting 1985

1970

Sempre a inovar

Otimizar constantemente a tecnologia da fibra mineral da ROCKWOOL e perseguir novas ideias foram sempre as prioridades fundamentais para a organização de I&D do Grupo. Na década de 1970, isso levou ao desenvolvimento de uma fibra que poderia substituir o amianto para reforçar materiais e produtos como betume, tintas, adesivos e suportes. Lançada em 1974, as Fibras Spinrock foram uma inovação radical para a década de 1970, demonstrando como a procura de produtos mais saudáveis, sustentáveis e ecológicos fez sempre parte do ADN da ROCKWOOL.

To be updated

1970

Fundação da ROCKWOOL International A/S

Em 1976, a ROCKWOOL International A/S foi criada como uma holding para todo o Grupo, durante uma década que testemunhou o desenvolvimento e expansão significativos da empresa. Em 1970, foram adquiridos 50 porcento das ações da Nederlandse Steewolfabrik em Roermond, na Holanda, com os 50 porcento restantes comprados em 1975. Também nesse ano, 50 porcento das ações da ROCKWOOL AB são vendidos ao Estado sueco, que já detinha os outros 50 porcento. Em 1977, a fábrica de Doense iniciou a sua atividade e, em 1978, foram criadas as subsidiárias Grodania e Rockfon. O final da década, 1979, testemunhou o estabelecimento da ROCKWOOL Limited em Bridgend, Reino Unido.

To be updated

1978

Tom Kähler: a geração seguinte assume as rédeas

Tom Kähler foi contratado como Diretor para as empresas emergentes em 1978 e tornou-se CEO em 1987, um cargo que ocupou até 2004, quando Eelco van Heel foi nomeado Diretor de Operações como parte de um plano de sucessão. Tom tornou-se Presidente do Conselho em 2004. Antes de entrar no Grupo ROCKWOOL em 1978, Tom Kähler trabalhou para várias empresas depois de concluir os seus estudos como engenheiro civil, incluindo a criação da Ecoterm, a sua própria empresa de contratação, com o seu cunhado Keld Jepsen. Tom desempenhou um papel fundamental quando o Grupo ROCKWOOL se estabeleceu no Canadá e fez a sua primeira entrada real no mercado norte-americano do isolamento de lã de rocha.

To be updated

1970

Pensamento circular

O desenvolvimento no início dos anos de 1970 das fibras Spinrock, que ajudaram os setores industriais a substituir o amianto, levou ao conceito de reciclagem da ROCKWOOL. Os trabalhadores da fábrica em Hedehusene descobriram que os produtos de lã de rocha antigos poderiam ser reciclados se fossem triturados e misturados em briquetes. Os primeiros briquetes foram fabricados em 1978 para a Spinrock e, em 1979, este processo foi testado e implementado na fábrica em Hedehusene, criando a base para um conceito abrangente de “circularidade”. A reciclagem dos próprios resíduos de produção do Grupo ROCKWOOL foi ainda mais alargado nos anos seguintes, para abranger esquemas de reciclagem para resíduos de construção externa e resíduos de demolição.

To be updated

1970

Projetos de demonstração

Construídas durante a segunda crise do petróleo de 1978-1980, as casas de teste de baixa energia de Hjortekær, na Dinamarca, mostraram que, com uma boa qualidade de construção, design cuidadoso e bom isolamento, a utilização de energia de um edifício poderia ser reduzida a um décimo dos padrões contemporâneos. O Grupo ROCKWOOL foi um dos principais contribuintes para este projeto.

TBS (In translation)

1962

Fundação da I/S Kähler & Co; continuação da expansão

Em 1962, foi fundada a I/S Kähler & Co, com sociedades anónimas detidas a 100% ou parcialmente na Dinamarca, Noruega, Suécia e Alemanha. Mais tarde na mesma década, a expansão prosseguiu com a aquisição de uma fábrica em Moss, Noruega em 1965 e com o início das operações na nova fábrica em Vamdrup, Dinamarca, em 1966. Três anos mais tarde, em 1969, a empresa assinou um contrato de licença com a FLUMROC AG da Suíça, tendo adquirido 26 porcento das suas ações.

Jens Nørgaard - personal assistans to Claus Kähler. He was deeply involved in the proposal of splitting up the company in the early 1960s.

1962

A família Kähler assume toda a responsabilidade pela empresa ROCKWOOL

Em 1962, as famílias Kähler e Henriksen concordaram em separar-se e estabelecer duas novas empresas. Jens Nørgaard, que mais tarde se tornaria Diretor Financeiro do Grupo ROCKWOOL, propôs uma nova estrutura empresarial com as atividades da ROCKWOOL num grupo e todos os outros - poços de areia, o negócio de betão celular e as telhas Hasle - noutro grupo. A família Henriksen escolheu então o grupo que preferia e as atividades da empresa foram divididas em conformidade. A 1 de Janeiro de 1962, o nome foi alterado para I/S Kähler & Co., com a família Kähler a assumir toda a responsabilidade pela empresa ROCKWOOL.

Grodan & Rockfon logo

1960

Criação da Rockfon e Grodan

Os produtos de isolamento acústico comercializados sob a marca Rockfon foram introduzidos em 1962 e tornar-se-iam a segunda maior atividade comercial do portefólio da ROCKWOOL. Em 1968, uma colaboração com o horticultor O. Bagge Olsen levou ao desenvolvimento da lã de rocha como substrato de cultivo para o setor hortícola profissional, com base nos princípios de Cultivo de Precisão. Fundada em 1969, a empresa Grodan está ativa hoje em dia em mais de 60 países a nível mundial.

To be updated

1968

O poder da parceria

A 2 de abril de 1968, o horticultor O. Bagge Olsen, da Universidade Agrícola Dinamarquesa (Landbohøjskolen), em Copenhaga, reuniu-se com os colaboradores da ROCKWOOL Svein Melhus, Helge Høyer e J. Skjold Petersen para debater a utilização de lã de rocha como aditivo para esfagno. Durante muitos anos, O. Bagge Olsen tinha investigado a relação entre a rocha e as culturas, verificando que as plantas cresciam particularmente bem em zonas com muito basalto no solo. Um projeto de desenvolvimento conjunto e um programa de teste envolvendo Viggo Nielsen, um produtor local de pepino, criaram a base para o desenvolvimento da atual empresa Grodan.

Claus Kähler later to be CEO for 24 years, was employed in 1948.

1958

Claus Kähler, 22 anos como CEO

Claus Kähler iniciou a sua carreira a gerir a produção de lã de rocha, betão celular e cascalheiras, em 1948. Nessa altura, estavam empregadas 82 pessoas em Hedehusene, sendo todas as operações realizadas por uma organização. Na década de 1950, Claus criou entidades de produção separadas e criou a base para o crescimento rentável no futuro: na Dinamarca, o volume de negócios expandiu de DKK 2,5 milhões para DKK 20 milhões durante a década, tendo o conhecimento tecnológico crescido significativamente. Claus Kähler tornou-se CEO da Henriksen & Kähler em 1958, ocupando o cargo durante 22 anos.

To be updated

1952

Primeira utilização de tecnologia de fiação

Em 1952, a ROCKWOOL adquiriu a licença da Johns Manville nos EUA para utilizar fiadoras para criar fibras. O novo processo utilizava diabásio em vez de escória, criando menos disparos (pequenos fragmentos de pedra que não eram fiados em fibras), menores densidades e fibras mais robustas. O resultado foi lã com uma qualidade significativamente superior e mais homogénea. Em 1953, foi introduzida a fiadora de 4 rodas, aumentando drasticamente a produção potencial, que cresceu de 0,6 toneladas por hora no início da década de 1950 para as mais de 20 toneladas por hora atuais. O ano de 1954 foi um ponto de inflexão, uma vez que a produção com ligante adicionado funcionou sem problemas e a quantidade de lajes produzidas ultrapassou os produtos com tapetes costurados. No entanto, os produtos de tapete continuaram a ser uma parte importante do portefólio de produtos e, em 1959, a ROCKWOOL adquiriu uma patente que abrangia tapetes de lamelas para o isolamento de canos.

ROCKWOOL Laboratory management 1963

1957

Fundação do departamento de engenharia da ROCKWOOL

O conhecimento profundo das tecnologias fundamentais tem sido sempre a chave para o sucesso da ROCKWOOL. Para melhorar ainda mais esta situação, a empresa criou o seu próprio departamento de engenharia em Hedehusene, com cinco colaboradores.

To be updated

1954

Expansão geográfica

Em 1954, a ROCKWOOL estabeleceu a sua primeira subsidiária não escandinava na Alemanha. Em 1958, a sede mudou-se de Korsør para Hedehusene e a expansão prosseguiu em 1959 com a abertura de uma segunda fábrica em Trondheim, na Noruega.

Inspector Jørgensen

1940

Inspector Jørgensen, inovador

Durante a Segunda Guerra Mundial, Inspector Jørgensen encontrou formas inovadoras para contornar a escassez de matérias-primas. Para manter a produção, substituiu briquetes de turfa por óleo, utilizou leite magro em vez de óleo para repelir a água e substituído o algodão por fio de papel para coser os tapetes de lã de rocha.

Verner Palmqvist - started in 1941 at the age of 24 as an electrician and retired 44 years later as Vice President of Research & Development. The photo shows him next to one of the productions lines in Hedehusene ind 1958.

1941

Verner Palmquist, inovador

Trabalhando na ROCKWOOL entre 1941 e 1985, Verner Palmquist foi contratado como eletricista e assumiu o cargo de Diretor Técnico e diretor de I&D. Durante a sua carreira, foi parte ativa em alguns dos principais desenvolvimentos do grupo. Verner foi promovido a Diretor Técnico na sequência da sua participação na transição bem-sucedida da lã soprada com vapor para lã de rocha fiada. A sua curiosidade e experiências levaram à utilização de ligante e à transição de lã de pedra solta para a vasta gama de produtos que conhecemos hoje.

Factory workers 1940

1948

O aglutinante expande o potencial da lã de rocha

A ROCKWOOL adquiriu a licença à Baldwin Hill para adicionar aglutinante à lã de rocha, permitindo o desenvolvimento de produtos com boa estabilidade dimensional. Esta mudança expandiu de forma significativa o portefólio de produtos da ROCKWOOL, criando uma base para a gama diversificada de produtos atual.

Gustav Kähler (Partner: 1916-1958)

1948

Gustav Kähler, engenheiro e gestor

Em 1948, Gustav Kähler foi nomeado Diretor-Geral de I/S Henriksen & Kähler e o seu filho Noel Kähler tornou-se Vice-Diretor, responsável pelas operações. Dez anos mais tarde, Noel Kähler tornou-se CEO. Gustav iniciou a sua carreira na empresa do seu pai Valdemar Kähler, a I/S H.J. Henriksen and V. Kähler em 1915 como engenheiro civil, muito antes de se iniciar a produção de lã de rocha. Sucedendo ao seu pai como sócio em 1916, desempenhou um papel preponderante na expansão geográfica da empresa, bem como em novas áreas, incluindo a lã de rocha.

The wool chamber in the late 1930s.

1935

Licenciamento da produção de lã de rocha

A I/S Henriksen and Kähler adquiriu a licença para produzir lã de rocha na Dinamarca, Noruega, Suécia e Alemanha à Baldwin-Hill, sediada em Nova Jérsia, EUA. O processo de produção, baseado na altura em fibras sopradas com vapor, foi utilizado para fabricar produtos de lã fofa e tapetes costurados. Passaram-se 17 anos até ser introduzido o processo de produção de lã fiada mais eficiente e versátil.

Finn Henriksen was on a study tour to the US and saw a good opportunity to use the company's stone deposits for stone wool production.

1935

Finn Henriksen, inspirado por uma visita de estudo

Finn Henriksen, o filho do [industrial] H.J. Henriksen, observou a produção de lã de rocha durante uma visita de estudo nos EUA. Ao regressar à Dinamarca, foi contratado pela I/S Henriksen and Kähler, fundada pelo seu pai e Valdemar Kähler, que investiu USD 5000 para adquirir a licença da tecnologia de lã de rocha à Baldwin-Hill. A base da produção de lã de rocha do Grupo ROCKWOOL estava criada.

Production at the Factory in Hedehusene late 1930.

1937

Produção de lã de rocha na Dinamarca

A fábrica de lã de rocha em Hedehusene, Dinamarca, iniciou a produção. Foi consumida por um incêndio em 1938, mas foi reconstruída no mesmo ano. Também nesse mesmo ano, a produção de lã mineral da ROCKWOOL foi iniciada em Skövde, na Suécia, e em Larvik, na Noruega. Em 1939, a produção total tinha atingido as 2000 toneladas por ano apenas em Hedehusene.